Elogio dos Amantes Derradeiros

Sobre esta publicação

Este romance é um exultar poético e arrebatador acerca da maravilha de viver intensamente a paixão em cada minuto da nossa existência, sem decoro ou limitações, quer ao nível dos corpos quer da mente.

Escrito de uma forma simultaneamente terna e vibrante, transporta-nos para uma reflexão profunda sobre o erotismo como razão suprema de aqui andarmos.

Na qualidade violenta e crua da sua escrita, Manuel Andrade – um escritor já consagrado pelos leitores e críticos mais exigentes – questiona-nos ainda sobre qual o caminho de maior comprazimento nesta vida: se o da rotina de afetos do concubinato, ou se antes o da sensualidade libertária.

Link externo

Álbum fotográfico completo